Estados Unidos

EUA realizam segunda operação aérea de ajuda humanitária no Iraque

EUA realizam segunda operação aérea de ajuda humanitária no Iraque

Os Estados Unidos lançaram, na sexta-feira, alimentos e água potável destinados aos civis ameaçados pelos 'jihadistas' do Estado Islâmico no norte do Iraque, anunciou o Pentágono.

Três aviões militares de carga - um C-17 e dois C-130 -, escoltados por dois caças F/A-18, lançaram refeições e água potável para os "milhares de cidadãos iraquianos ameaçados pelo Estado Islâmico (EI) no Monte Sinyar, no Iraque".

Os aviões lançaram mantimentos para cerca de 30 mil pessoas.

O objetivo da missão, concluída com "sucesso", eram as cerca de 200 mil pessoas, a maioria dos quais da comunidade 'yazidi', uma minoria religiosa curda, que necessita de ajuda urgente, incluindo abrigo, alimentos, água e medicamentos no Monte Sinyar.

A primeira missão do género foi realizada na quinta-feira.

"Até à data, em coordenação com o governo do Iraque, os aviões dos EUA forneceram 36.224 refeições e 6.822 galões de água potável", informou o Pentágono em comunicado.

Os aviões que participaram nesta missão eram do porta-aviões USS George H.W. Bush, que se encontra nas águas do golfo Pérsico.

Na sexta-feira, os Estados Unidos bombardearam posições de artilharia do Estado Islâmico no Iraque que ameaçavam o pessoal norte-americano estacionado na base de Erbil, no Curdistão iraquiano.