Crime

Funcionário da McDonald's agride clientes com taco de golfe

Funcionário da McDonald's agride clientes com taco de golfe

Um vídeo divulgado no Youtube mostra um funcionário da cadeia de fast-food McDonald's a agredir duas clientes com o que parece ser um taco de golfe. As imagens causaram polémica pela brutalidade das agressões. Veja o vídeo.

As agressões provocaram um traumatismo craniano e um braço partido em Denise Darbeau e um corte profundo em Rachel Edwards, as duas clientes agredidas por Rayon McIntosh, num MacDonald's em Greenwich Village, nos EUA.

Tudo começou quando o funcionário Rayon McIntosh disse às duas clientes que teria de confirmar se a nota de 50 dólares (36 euros) era verdadeira, disse fonte policial.

Darbeau insulta McIntosh e agride-o na cara. No vídeo, gravado por um cliente, vê-se ainda as jovens invadirem o balcão. O funcionário aparece vindo de trás do balcão com o que parece ser um taco de golfe e agride várias vezes as duas mulheres.

"Pare com isso! Pare! Pare! Oh meu Deus!", ouve-se uma cliente gritar no vídeo. "Alguém chame a Polícia!", apela.

Rayon McIntosh, de 31 anos, foi acusado de agressão e posse ilegal de arma e encontra-se detido no Complexo de Detenção de Manhattan, com uma fiança de 40 mil dólares (mais de 28 mil euros), adianta o site do departamento.

Ambas as mulheres foram acusadas de terem sido ameaçadoras, de transgressão e de conduta desordeira.

O funcionário do McDonald's esteve preso durante dez anos por homicídio. Desde Março que trabalha naquele estabelecimento, quando saiu em liberdade condicional.