Índia

Guarda florestal é considerado herói por salvar elefante bebé

Guarda florestal é considerado herói por salvar elefante bebé

Um guarda-florestal, na Índia, está a ser amplamente elogiado depois de, no início do mês, salvar uma cria de elefante, que se separou da mãe e caiu num pequeno ribeiro.

Palanichamy Sarathkumar, de 28 anos, não vai esquecer o passado dia 12 de dezembro, em que retirou de um pequeno riacho um elefante bebé, que se separou da mãe. Desde o momento em que as imagens do salvamento foram parar às redes sociais, que a sua vida mudou: fez manchete em vários jornais do país e é considerado um herói local.

"Fomos informados de que uma fêmea de elefante estava a bloquear os acessos ao templo de Vanabhadra Kaliamman", disse, em entrevista à BBC. O homem, com ajuda de outros colegas, conseguiu guiar o animal para a floresta e voltou ao local para procurar por outros elefantes.

"Vimos a cria caída. Estava cansada e confusa. Mudamos de sítio uma pequena rocha que estava a bloquear o caminho e trouxemos o bebé para fora", explicou.

As pessoas envolvidas no resgate pensaram em levar o animal para junto da mãe, mas o risco de serem atacados pela progenitora obrigou-os a pensar numa alternativa. "Em vez de todos corrermos riscos, eu decidi carregá-lo sozinho pela estrada", contou o homem, que pesa cerca de 80 quilos. O "pequeno" elefante teria mais de 100 quilos de peso.

Depois de ter segurado o elefante por cerca de 50 metros, deixou-o junto a um pequeno canal de água, na esperança de que a mãe o viesse buscar. Até ao final do dia, a fêmea não apareceu.

No dia seguinte, Palanichamy regressou ao local e não encontrou a cria, mas viu grandes marcas de passos de elefante, junto de outras mais pequenas. Tudo indica que os dois se encontraram e seguiram para o interior da floresta.

Em comunicado, a guarda-florestal elogiou a atitude do trabalhador, explicando que se não fosse ele, o animal teria morrido.

ver mais vídeos