EUA

Homem detido com dois bidões de gasolina numa catedral em Nova Iorque

Homem detido com dois bidões de gasolina numa catedral em Nova Iorque

Um homem foi detido quarta-feira depois de entrar na catedral de St. Patrick, em Nova Iorque, com dois bidões de gasolina e isqueiros, anunciou, esta quinta-feira, a polícia, dias depois do incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris.

O homem, detido quarta-feira à noite, declarou que se dirigiu para a catedral depois de o seu carro ter ficado sem gasolina, mas as suas respostas foram "inconsistentes e evasivas", segundo o vice-comissário do Departamento de Polícia de Nova Ioque (NYPD,) John Miller.

"Não sabemos qual o seu estado de espírito, qual seria a sua motivação", disse Miller numa conferência de imprensa nos degraus da catedral, uma estrutura neogótica no coração da ilha de Manhattan.

O homem foi confrontado por um segurança que lhe perguntou o que estava a fazer no local e informou que não poderia estar na catedral com aqueles itens, de acordo com a polícia.

"Nesta altura, a gasolina aparentemente vazou pelo chão quando o homem se virou", disse Miller.

Alertados, os agentes de contraterrorismo do NYPD detiveram o homem pós um interrogatório. "Verificámos o veículo. Não ficou sem gasolina, então foi detido", disse Miller.

O homem de 37 anos já era "conhecido pela polícia", depois de verificarem os seus antecedentes.

A construção da catedral de St. Patrick foi concluída em 1878. Com melhoramentos adicionados ao longo dos anos e uma grande restauração, foi concluída em 2015.

Um incêndio causou grande estrago na segunda-feira na catedral gótica Notre-Dame de Paris, um dos monumentos mais visitados do mundo.

Investigadores referiram que a causa provável do incêndio foi um acidente, que terá começado na zona onde decorriam remodelações no exterior do edifício.