Agressão

Identificados 31 suspeitos de agressões em Colónia

Identificados 31 suspeitos de agressões em Colónia

O Ministério do Interior alemão anunciou que 31 suspeitos estão a ser investigados pela onda de agressões e roubos verificada na cidade de Colónia, 18 dos quais são requerentes de asilo.

"Dos 31 suspeitos cujos nomes conhecemos, 18 são requerentes de asilo", afirmou o porta-voz do Ministério, Tobias Plate, apontando que são suspeitos de roubos e agressões e ressalvando que ainda estão por identificar os autores de alegadas agressões sexuais.

A polícia estadual de Colónia confirmou que houve 121 queixas de agressão, desde dois alegados raptos a vários relatos de agressão sexual, no que foi aparentemente uma vaga de ataques coordenados numa grande multidão que se juntou na rua para celebrar a chegada do novo ano, a 31 de dezembro.

As vítimas dos ataques apontaram homens "de aparência árabe ou do norte de África" como os autores, dando origem a um debate aceso sobre a capacidade de a Alemanha integrar os quase 1,1 milhões de refugiados que procuraram o país em busca de asilo no último ano.