O Jogo ao Vivo

EUA

Igreja Mórmon quer deixar de ser chamada assim

Igreja Mórmon quer deixar de ser chamada assim

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, também chamada de Igreja Mórmon, quer que a palavra "mórmon" deixe de ser usada para descrever a igreja e os seus fiéis.

De acordo com as novas orientações adotadas, a confissão religiosa apela a que a sua designação seja feita com uma de três expressões: "A Igreja", "A Igreja de Jesus Cristo" ou "A Igreja Restaurada de Jesus Cristo".

A expressão "'Igreja Mórmon' não é uma denominação autorizada", referem os responsáveis numa nota divulgada esta segunda-feira.

"Não mudámos de nome. Estamos a corrigir um nome", explicou o presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Russell Nelson, citado pelo "Deseret News", um jornal mórmon do Utah, Estado dos EUA, onde os mórmons constituem a maioria da população.

Os fiéis já não devem ser apresentados pelo termo "mórmon", mas pela expressão "membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias", acrescenta as orientações adotadas.

Fundada em 1830, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias reivindica ter 16 milhões de membros e ter a missão de recuperar a pureza original da Igreja, a fim de preparar o retorno de Cristo.

ver mais vídeos