O Jogo ao Vivo

França

Incêndio em prédio de Lyon mata mulher grávida e filho

Incêndio em prédio de Lyon mata mulher grávida e filho

Um incêndio num prédio habitacional no oitavo bairro de Lyon, França, provocou a morte a uma mulher grávida e uma criança, deixando ainda quatro pessoas com ferimentos ligeiros. Há suspeitas de fogo posto.

De acordo com o "Le Monde", o fogo que deflagrou no prédio de dois andares, no sábado à noite, terá sido consequência de uma explosão numa padaria localizada no rés-do-chão do edifício.

Os primeiros elementos recolhidos conduzem as autoridades a "privilegiar a tese de origem criminosa e a hipótese de um ato voluntário", indicou o procurador de Lyon, Nicolas Jacquet, citado pelo jornal francês. A Diretoria Inter-regional da Polícia Judiciária (DIPJ) de Lyon está a levar a cabo a investigação ao caso por "danos deliberados causados por substância explosiva ou incendiária resultando em morte".

Testemunhas entrevistadas pela agência de notícias francesas AFP relataram que, cerca das 20.30 horas locais de sábado, um morador do prédio sobreviveu saltou do segundo andar. O homem, que ficou ferido sem gravidade, disse imediatamente que o filho menor e a mulher, grávida, ainda se encontravam dentro do prédio consumido pelas chamas. Ambos acabaram por morrer.

Além das vítimas mortais e do morador que ficou ferido, três transeuntes que estavam na rua no momento da explosão também foram atingidos pelo fogo, segundo a mesma fonte. Uma carrinha que estava estacionada à frente da padaria onde começou o fogo moveu-se m metro, com o impacto da explosão.

O fogo foi combatido por 75 operacionais, apoiados por 27 viaturas.