Madrid

"Indignados" realizam nova marcha em Madrid

"Indignados" realizam nova marcha em Madrid

Com um forte dispositivo policial nas Portas do Sol, em Madrid, centenas de simpatizantes do movimento 15M convocaram, durante a noite, uma marcha de protesto a realizar às 12 horas desta quinta-feira, a partir de outra praça madrilena, a Praça do Oriente.

Mais de mil simpatizantes do Movimento 15M iniciaram na noite de quarta-feira, em Madrid, uma marcha rumo às Portas do Sol, em protesto pela polícia ter despejado os seus acampamentos - após 79 dias de tolerância, segundo salienta o Ministério do Interior. Mas a marcha foi bloqueada por um forte dispositivo de segurança e os "indignados" impedidos de entrar naquela praça madrilena.

"Do norte ao sul, de leste ao oeste, a luta continua custe o que custar", gritaram os manifestantes durante a passeata, que começou na Praça de Atocha.

Durante a madrugada, os manifestantes decidiram realizar uma marcha, esta quinta-feira, às 12 horas (11 horas em Portugal continental), com partida da Praça do Oriente até às Portas do Sol.

Madrid prepara-se para a visita do Papa Bento XVI, entre os dias 18 e 21, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude. E o movimento atribui a acção policial a este acontecimento. O movimento 15M, que é conhecido assim por ter iniciado os seus protestos a 15 de Maio, convocou quarta-feira uma manifestação no centro da capital espanhola, e cerca de 1500 pessoas voltaram a sair à rua. Tal como na véspera, a estação do metro mais próxima da Porta do Sol encerrou ao final da tarde.

Na manhã de quarta-feira, a polícia desalojou 20 indignados que acampavam na Praça Mayor depois de, na noite anterior, o grupo ter voltado a ocupar, durante várias horas, as ruas do centro de Madrid.

Em Barcelona e em Valência, outros grupos de indignados realizavam concentrações de apoio a seus colegas madrilenos.

ver mais vídeos