O Jogo ao Vivo

Ministério Público

Investigações de abusos sexuais pela Igreja aumentam mais de três vezes no Chile

Investigações de abusos sexuais pela Igreja aumentam mais de três vezes no Chile

O número de investigações abertas por abusos sexuais cometidas por pessoas ligadas à Igreja Católica chilena aumentou três vezes, passando de 38 para 119, na atualização dos dados realizada pelas autoridades, anunciou esta sexta-feira o Ministério Público.

"Informamos que o número atualizado de investigações abertas por agressões sexuais cometidas por membros da Igreja Católica a 31 de agosto é de 119", lê-se no documento da acusação.

De acordo com os números mais recentes, essas investigações visam 167 pessoas, incluindo sete bispos e 96 padres.

No total, são 178 vítimas nestes casos de abusos sexuais, 79 das quais menores na época dos eventos, 15 maiores de idade e outras 84 em que este dado não foi especificado.

A Igreja Católica chilena está em crise desde a proliferação de investigações judiciais sobre supostos abusos sexuais contra menores e adultos desde a década de 1960.