Tailândia

Jovem saudita que fugiu de casamento arranjado sai do Twitter após ameaças

Jovem saudita que fugiu de casamento arranjado sai do Twitter após ameaças

A jovem saudita que voou para a Tailândia, fugindo da família, apagou a conta no Twitter depois de ter recebido ameaças de morte. Rahaf Mohammed al-Qunun, de 18 anos, está na Tailândia, mas receber asilo na Canadá.

No aeroporto de Banguecoque, pouco depois de ter aterrado, publicou uma mensagem dando conta de que tinha fugido do Kuwait e que um eventual regresso à Arábia Saudita colocaria a sua vida em risco. Foi através das publicações online que a campanha #SaveRahaf se tornou viral nas redes sociais, merecendo atenção por parte da comunidade internacional.

Esta sexta-feira, a conta que usava foi apagada. Um utilizador chamado Nourah, a quem Rahaf se tinha anteriormente dirigido como amigo, explicou que a jovem "recebeu ameaças de morte e que, por esse motivo, apagou a conta no Twitter". As ameaças terão sido feitas por familiares próximos da rapariga.

Sophie McNeill, uma jornalista australiana, disse à Reuters que Rahaf estava bem e que ia fazer uma pequena pausa no Twitter. O impasse sobre o destino da jovem saudita terminou esta sexta-feira à tarde, sabendo-se agora que vai ser recebida no Canadá, adianta a agência Reuters.

A jovem saudita que está sob a proteção do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) em Banguecoque.