Jerusalém

Manifestantes judeus fogem depois de contra-manifestantes ficarem em sutiãs

Manifestantes judeus fogem depois de contra-manifestantes ficarem em sutiãs

Judeus ​​​​​ultra-ortodoxos manifestaram-se em Jerusalém pelo final do concurso da Eurovisão ter sido realizado durante o "Shabbat", dia de descanso semanal no judaísmo.

Durante este fim de semana, centenas de ultra-ortodoxos judeus confrontaram a polícia de Jerusalém, em protesto pelo final do Festival Eurovisão da Canção ter sido realizado durante o dia de descanso judaico, o "Shabbat".

De acordo com o jornal "The Times of Israel", a multidão de crentes bloqueou a rua "Haneviim Street" e parou o trânsito, neste sábado. Um dos manifestantes acabou por ser detido depois dos agentes responderem ao protesto.

Enquanto os manifestantes gritavam "Shabbes", sábado judeu em iídiche, e afirmavam que o agendamento do concurso internacional foi uma "profanação" ao dia de descanso do judeu, um pequeno grupo de mulheres realizou uma contra-manifestação, tirando as camisas e mostrando os sutiãs.

Como resposta, os judeus ortodoxos viram-se obrigados a ir para outro local, visto que os seus códigos rigorosos proíbem-lhes de olhar para mulheres imodestamente vestidas.