EUA

Mata cunhada de 16 anos com quem mantinha relação amorosa

Mata cunhada de 16 anos com quem mantinha relação amorosa

Evalyce Santiago, de 16 anos, foi morta pelo marido da irmã, no estado norte-americano do Connecticut, depois de lhe dizer que queria confessar que os dois mantinham um caso amoroso.

Dominique Pittman, o suspeito de 27 anos, disse em tribunal, na passada quarta-feira, que alvejou a rapariga com dois tiros na cabeça e um na mão, depois de uma discussão violenta que estavam a ter dentro do carro.

O homem era casado com a irmã adotiva de Evalyce, com quem tinha três filhos, e mantinha uma relação amorosa com a rapariga, que nessa noite ameaçou que iria expor a verdade à irmã.

Depois de alvejar a cunhada, Pittman embateu com o carro contra um poste e só depois chamou a policia, dando dois testemunhos diferentes sobre a morte da jovem.

A família da vítima ficou chocada com a história e diz que desconhecia a relação dos dois.

"Ele é meu genro. Ele namorava com uma das minhas filhas enquanto era casado e pai dos três filhos da minha outra filha. Eu só quero a verdade", disse Francisco Rivera, pai da jovem de 16 anos.

O homem, que foi acusado de homicídio e posse ilegal de arma, será presente a tribunal, novamente, no dia 20 de dezembro.