Mundo

Ministra das Relações Institucionais será investigada por Comissão de Ética

Ministra das Relações Institucionais será investigada por Comissão de Ética

A Comissão de Ética da Presidência da República do Brasil decidiu abrir um procedimento preliminar para apurar as denúncias sobre a conduta da ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, informa a imprensa brasileira.

A suspeita decorre da compra de 28 lanchas, realizada pelo Ministério da Pesca em 2009 e 2010, pelo valor de 31 milhões de reais (cerca de 12,7 milhões de euros).

O contrato não foi fechado durante a gestão de Ideli, porém a empresa fornecedora afirma ter recebido um pedido de doação para o Partido dos Trabalhadores (PT) de Santa Catarina, responsável por financiar 80 por cento da campanha de Ideli ao governo de Santa Catarina, em 2010.

A fiscalização feita pelo Tribunal de Contas da União aponta ainda que houve superfaturamento no valor das lanchas, além de direcionamento da licitação.

A comissão poderá abrir um procedimento ético contra a ministra, a depender do parecer final do relator, que está avaliar a defesa, apresentada antecipadamente por Ideli Salvati.