Saúde

Ministro demite-se após morte de 11 bebés em maternidade da Tunísia

Ministro demite-se após morte de 11 bebés em maternidade da Tunísia

O ministro da Saúde tunisino, Abderraouf Cherif, pediu a demissão na sequência da morte de 11 recém-nascidos prematuros, entre quinta e sexta-feira, numa maternidade da capital, Tunes.

As mortes dos bebés, que causaram comoção em todo o país, estão sob investigação, mas os primeiros indícios apontam que a causa é um choque séptico, resultado de uma infeção.

Apesar de, nas últimas 24 horas, não ter ocorrido mais nenhuma morte, a pressão mediática e o alarme social gerado terão levado Abderraouf Cherif a colocar o cargo à disposição do primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed.