Mundo

Morreu ex-primeiro-ministro do Nepal Sushil Koirala

Morreu ex-primeiro-ministro do Nepal Sushil Koirala

O anterior primeiro-ministro do Nepal, Sushil Koirala, morreu, esta terça-feira, aos 77 anos, de pneumonia, disse o seu médico à agência AFP.

Koirala foi o primeiro-ministro do Nepal entre fevereiro de 2014 e outubro de 2015 e foi muito criticado por causa da forma lenta como o seu Governo respondeu ao sismo que devastou o país em abril do ano passado, causando cerca de 9000 mortos.

O antigo primeiro-ministro liderou o maior partido político do país, o Congresso Nepalês, e durante o seu mandato à frente do país foi aprovada uma nova Constituição, pensada para cimentar a paz e impulsionar a transição do Nepal de uma monarquia hindu para uma República democrática.

No entanto, o processo acabou por dar origem a violência e mais de 50 pessoas morreram em confrontos entre a polícia a minorias étnicas que se manifestaram contra o documento, por considerarem que os marginaliza politicamente.

Koirola viveu na Índia quando estava na casa dos 30 anos de idade, exilado com a família, e envolveu-se, nesse período, no sequestro de um avião que se acredita que transportava caixas de dinheiro com que pretendia financiar a criação do partido Congresso Nepalês.

Acabou por passar três anos na prisão na Índia por causa deste caso.

Na altura, o Nepal era governado por um sistema "panchayat" (conselho), controlado por uma monarquia que tinha derrubado um Governo democraticamente eleito em 1960 e que teve curta duração.

ver mais vídeos