Mundo

Mortos pelas chuvas de dezembro chegam a 38 no sudeste brasileiro

Mortos pelas chuvas de dezembro chegam a 38 no sudeste brasileiro

O número de mortos atingiu já os 38 após incidentes causados pelas chuvas neste mês de dezembro no sudeste do Brasil, segundo as autoridades do Espírito Santo e de Minas Gerais.

A situação mais grave ocorre no Espírito Santo, onde 50 dos 78 municípios do Estado foram afetados, mais de 48 mil pessoas estão desalojadas e foram registadas 21 vítimas fatais, segundo a Defesa Civil. As três últimas mortes ocorreram devido a um soterramento, e foram divulgadas hoje.

A presidente brasileira Dilma Rousseff sobrevoou as cidades mais afetadas e afirmou em conferência de imprensa que a situação é "absurda". O governo local decretou situação de emergência.

Em Minas Gerais, o corpo da 17.ª vítima fatal foi encontrado hoje. Trata-se de um menino de 7 anos que havia sido soterrado no último dia 17, e estava desaparecido, segundo a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil. Outras cinco pessoas da família do garoto também não sobreviveram.

Ao todo, 24 cidades decretaram estado de emergência em Minas Gerais. O período de maior incidência de chuvas no sudeste brasileiro é entre dezembro e março, durante o verão.

ver mais vídeos