Austrália

Mulher finge cancro para conseguir dinheiro para férias e festas

Mulher finge cancro para conseguir dinheiro para férias e festas

Uma mulher australiana vai ter que cumprir uma pena de prisão de três meses depois de ter fingido ter cancro para conseguir angariar fundos, para o falso tratamento, junto de amigos e familiares.

Hanna Dickenson, de 24 anos, aceitou mais de 30 mil euros dos pais depois de lhes ter contado que tinha um cancro. O dinheiro seria utilizado para financiar um tratamento oncológico no estrangeiro.

Segundo a "BBC", os pais receberam donativos dos amigos, solidários com a situação da filha. No tribunal ficou demonstrado que a maior parte do dinheiro foi usado em férias e festas. Uma pessoa desconhecida doou dez mil euros depois de ter tido alta hospitalar após um longo tratamento contra o cancro.

A fraude foi descoberta quando um dos doadores descobriu fotos suspeitas no Facebook, em que Hanna estava de férias, e contactou a polícia.

A suspeita acabou por confessar ter mentido para conseguir o dinheiro. Durante a audiência, o juiz disse que Hanna "teve uma conduta totalmente contra a natureza humana".

"As pessoas quiseram ajudar genuinamente e a confiança foi quebrada. São pessoas que trabalharam muito e ficaram sem o seu dinheiro", sublinhou.

Apesar da confissão da cliente, a advogada Beverleu Lindsay pede para que Hanna não seja presa porque mudou de vida.

ver mais vídeos