Animais

Mulher invade arena e abraça touro em agonia

Mulher invade arena e abraça touro em agonia

Uma espanhola de 38 anos invadiu uma arena em Málaga e tentou abraçar um touro em agonia. O momento foi captado em vídeo e já lhe valeu um prémio da associação de defesa dos animais PETA.

O episódio aconteceu há cerca de uma semana e, desde então, Virginia Ruiz, auxiliar veterinária, já virou "estrela" entre os defensores dos animais. A fama surge graças a um vídeo do momento, filmado por um grupo anti-tourada na praça Malagueta, onde decorria o espetáculo.

O vídeo tem sido partilhado vezes sem conta na Internet e já conta com mais de meio milhão de visualizações no Youtube.

Ao "El País", a jovem confessa que não teve medo ao saltar e que agiu por puro impulso. "Estava triste por ver tanta gente a aplaudir um animal que agonizava. Saltei completamente sem pensar. Depois, quando vi que estava em cima do touro e toda a gente gritava, é que me apercebi no que me tinha metido", conta.

De seguida, foi parada pela multidão, que a empurrou, insultou e até cuspiu. "Diziam-me que, quando chegasse a polícia, é que ia ter medo. Mas eu só desejava era que a polícia chegasse, porque havia lá um homem que parecia que me queria matar", assegura.

O gesto, no entanto, já lhe valeu um agradecimento por parte da organização internacional de defesa dos animais PETA, que a nomeou como sócia honorária e lhe ofereceu o título de "Herói dos Animais". "Estou muito emocionada. Não é algo que mereça só eu, mas sim todos os anti-tourada. Este prémio é, sobretudo, para todos os que já se lançaram à arena antes de mim", garante.