O Jogo ao Vivo

Itália

Namorada de Salvini anunciou separação do poderoso ministro no Instagram

Namorada de Salvini anunciou separação do poderoso ministro no Instagram

A polémica fotografia de Matteo Salvini, o truculento vice-ministro italiano, sorridente numa Veneza alagada para lá dos canais, não foi o único momento embaraçoso para aquele político esta semana. Foi pelas redes sociais, em que tão bem se movimenta, que a namorada anunciou a separação, e com foto polémica.

Os rumores de que o ministro do Interior de Itália estaria separado da ex-modelo e apresentadora do canal público de televisão italiana, RAI, Elisa Isoardi, foram esclarecidos pela própria na rede social Instagram, com uma publicação a anunciar a separação, quando Salvini estava para fora, em viagem oficial.

"Não é o que deixamos de dar um ao outro que nos fará falta, mas o que poderíamos ter dado". O verso do poeta italiano Gio Evan é a rampa de lançamento para a despedida, feita através das redes sociais, num dia em que Salvini estava em África, em trabalho. "Com imenso respeito pelo amor verdadeiro que foi. Obrigado Matteo", escreveu ainda Elisa Isoardi, na fotografia que, segundo o jornal espanhol "El Mundo" enfureceu o político de extrema-direita que faz tremer a Europa.

Na imagem, Salvin, de torso nu, beija a companheira, que namora a câmara, aparentemente vestida apenas com um roupão branco. Salvini não calou a resposta ao fim do relacionamento de quatro anos, iniciado em 2014, após uma entrevista na RAI.

"Amei, perdoei, seguramente terei cometido erros, mas acreditei até ao fim. Que pena, alguém teria outras prioridades. Boa vida", disse o ministro. Uma frase em que respalda aqueles que acusam a apresentadora de usar o poder do ex-namorado para escalar na RAI e na qual alude à traição de Elisa, fotografada a beijar um empresário em Ibizia, Espanha, em 2017.

O político perdoou a infidelidade, mas o romance não resistiu mais do que um ano após esse verão de Ibiza. "A nossa história de amor acabou há algum tempo. A verdade é que nos deixamos de ver há dois meses e meio", confessou Elisa, esta semana, em declarações à revista italiana "Chi".

"Tenho um trabalho que nem sempre é fácil para quem está perto, porque umas vezes estou e outras não", justificou Salvini numa entrevista televisiva. A ver pelas redes sociais, nas quais o casal navega bem, o poderoso vice-ministro está solteiro.

A seis de novembro, um dia depois de Elisa anunciar a separação, Matteo regressou de África e jantou acompanhado "do carinho de todos vós". Os ravióli com manteiga e o vinho tinto foram apenas para um, no "remanso do doce lar", como escreve o ministro no Twitter.

ver mais vídeos