Espaço

NASA promete a primeira mulher na Lua em 2024

NASA promete a primeira mulher na Lua em 2024

A NASA anuncia a nova missão marcada para 2024 e um dos objetivos é levar, pela primeira vez, uma mulher a solo lunar.

A informação foi adiantada durante a Exposição Aérea de Paris. O regresso à Lua serve para testar novos equipamentos que serão usados na futura exploração de Marte.

O novo projeto da NASA foi anunciado 50 anos após Neil Armstrong visitar a Lua pela primeira vez, marcando assim a data histórica.

O nome da missão será Ártemis, na mitologia romana a deusa associada à Lua e irmã gémea de Apolo, nome da primeira missão realizada nos anos 60 e 70. A missão está marcada para 2024.

"Queremos uma equipa diversificada e qualificada, isso incluiu mulheres" explicou Jim Bridenstine, representante da NASA, que considera essencial a presença de uma mulher na viagem, como exemplo para crianças com o mesmo sonho.

Para a empresa, o mais importante é ter uma equipa altamente especializada para que a missão seja bem-sucedida.

Uma das medidas do governo de Donald Trump passava pela exploração do espaço. O projeto irá custar mais de 824 milhões de dólares (cerca de 734 milhões de euros) ao Estado americano.

Entre 1969 e 1972, realizaram-se 6 missões de exploração da superfície lunar onde participaram uma dúzia de astronautas, todos homens. A Apolo 17 marcou o fim da exploração lunar, e desde então as missões para visitar o satélite não foram bem-sucedidas.