Ciência

NASA regista primeiro ruído sísmico em Marte

NASA regista primeiro ruído sísmico em Marte

A missão espacial na NASA a Marte terá captado aquele que foi o primeiro evento sísmico no Planeta Vermelho.

O pequeno ruído foi captado pelos sensores da InSight no dia 6 de abril. Trata-se do primeiro sinal sísmico detetado na superfície de um corpo planetário que não a Terra ou a Lua.

Os cientistas envolvidos neste projeto defendem que a fonte deste pequeno abanão pode ser um movimento no interior do planeta ou o impacto de um meteorito.

A conta oficial da InSight no Twitter partilhou o registo. "Marte, ouvimos-te. Detetamos um tremor silencioso, mas distinto em Marte. Os fracos ruídos parecem ter vindo do interior do planeta e estão a ser estudados. Ouça", pode ler-se na publicação.

O sinal é tão fraco que, segundo explica a CNN, se tivesse acontecido na Terra dificilmente teria sido sentido à superfície.

Estes pequenos abalos são semelhantes aos sentidos na Lua durante a missão Appolo. Entre 1969 e 1977, os astronautas instalaram cinco sismómetros que registaram a atividade sísmica da Lua. A atividade sísmica é importante uma vez que pode ajudar na perceção do interior de um planeta.

"Há meses que estávamos à espera de um sinal como este", disse, citado pela CNN, Philippe Lognonné do "Institut de Physique du Globe de Paris". "É tão excitante finalmente provarmos que Marte tem atividade sísmica", acrescentou.

A sonda InSight da NASA, que foi lançada em maio de 2018, chegou, no final de novembro desse mesmo ano a Marte. O objetivo desta missão é estudar o interior do planeta vermelho