Líbia

NATO admite ataque acidental na Líbia

NATO admite ataque acidental na Líbia

Um avião da NATO atingiu acidentalmente uma coluna das forças rebeldes que combatem o regime de Khadafi na região líbia de Brega, na quinta-feira, informou este sábado a Aliança Atlântica, em comunicado.

Depois de analisados relatórios dos seus ataques aéreos, a NATO registou um ataque acidental às forças rebeldes.

"O incidente ocorreu numa área de conflito entre as forças de Muammar Kadafi e dos seus adversários", lê-se no comunicado, no qual a NATO "lamenta qualquer perda de vida ou lesões".

A NATO considerou que o ataque decorreu num "cenário de combates particularmente complexo e estimou-se que os veículos seriam uma ameaça aos civis e teriam por alvo os aviões" da Aliança.

A organização sublinhou ter sempre o "cuidado de evitar vítimas civis".

Entretanto, a NATO acusou Kadafi de estar a "atacar brutalmente" o seu povo, usando mesquitas e parques infantis como escudos para as suas operações militares.

Kadafi tinha censurado os ataques de sexta-feira da NATO, insistindo que os aliados seriam "derrotados", uma declaração considerada hoje pelo porta-voz da NATO, Oana Lungescu, como "ultrajante".