Mundo

Nove americanos detidos na Arábia Saudita por alegadas ligações ao terrorismo

Nove americanos detidos na Arábia Saudita por alegadas ligações ao terrorismo

Nove americanos foram presos na semana passada na Arábia Saudita por supostas ligações com o terrorismo, revela a edição de hoje de um jornal daquele país.

De acordo com o diário Saudi Gazette, os americanos, dos quais quatro foram detidos na segunda-feira e os outros cinco nos últimos quatro dias, estão entre os 33 suspeitos detidos esta semana no reino.

O total inclui ainda 14 sauditas, três iemenitas, dois sírios, um indonésio, um filipino, um palestiniano, um cidadão dos Emirados Árabes Unidos e outro do Cazaquistão, segundo o jornal.

Permanece por esclarecer se as detenções estão relacionadas com o grupo extremista Estado Islâmico (EI), que tem vindo a cometer diversos atentados na Arábia Saudita desde o ano passado, um dos quais há dois dias.

Na sexta-feira, o ataque teve como alvo uma mesquita xiita, causando quatro mortos e 36 feridos, incluindo três agentes da polícia, segundo o Ministério do Interior, que identificou um dos autores, abatido pelas forças de segurança, como Abderrahman Abdallah al-Tueijeri, um saudita de 22 anos.

O diário Saudi Gazette acrescenta que 532 suspeitos, ligados ao EI e acusados ?e planear ataques no reino saudita, estão a ser atualmente interrogados pela polícia, devendo ser processados.