Brexit

Países fundadores da UE reúnem-se de emergência

Países fundadores da UE reúnem-se de emergência

Os chefes da diplomacia dos seis países fundadores da União Europeia reúnem-se este sábado em Berlim para debater as consequências do referendo britânico.

Na reunião na qual o ministro alemão Frank-Walter Steinmeier será o anfitrião, participam os MNE francês, Jean-Marc Ayrault, holandês, Bert Koenders, italiano, Paolo Gentilon, belga, Didier Reynders, e o luxemburguês, Jean Asselborn, em representação dos seis países que a 09 de maio de 1957 assinaram o Tratado de Roma, que deu origem ao que é hoje a União Europeia (UE).

O Reino Unido, cujos eleitores escolheram na quinta-feira sair da UE, a Irlanda e a Dinamarca foram os países do primeiro alargamento da Comunidade Económica Europeia, a 1 de janeiro de 1973.

Já o colégio de comissários europeus vai reunir-se segunda-feira para preparar a cimeira de líderes da União Europeia de terça e quarta-feira, em Bruxelas, que se concentrará no referendo a favor da saída do Reino Unido.

Segundo um comunicado, além de anunciar a reunião, a Comissão Europeia manifestou-se pronta a "desempenhar o seu papel nas negociações no artigo 50.º (do Tratado de Lisboa sobre a saída)" e reafirmou que ficaram anulados os termos do acordo entre o Reino Unido e os 27 alcançado em fevereiro.

ver mais vídeos