O Jogo ao Vivo

Premium

Paula fugiu de Caracas para os EUA mas acabou no Minho

Paula fugiu de Caracas para os EUA mas acabou no Minho

Paula e os filhos fugiram para os EUA mas foram deportados. Como é de origem portuguesa, ofereceram-lhe a opção lusa. Aceitou e vive em Arcos de Valdevez.

Paula Gonçalves, filha de madeirenses, trabalhava há já 21 anos numa padaria em Caracas. O marido, venezuelano, era cozinheiro de profissão. Viviam como podiam, com os dois filhos, uma rapariga de 11 anos e um rapaz de 16. Até que não foi mais possível. Fugiram da Venezuela, como mais de três milhões de pessoas, à procura de paz, de uma vida melhor e em que o dinheiro chegue, pelo menos, para fazer as refeições e pagar as contas.

Em março de 2018, Paula procurou na Florida (EUA), junto do irmão que já lá estava, o refúgio de que precisava e levou os filhos consigo. Em novembro foi descoberta pela Polícia e, como estava ilegal, foi obrigada a permanecer mais de três semanas numa casa de acolhimento, enquanto o seu futuro era decidido.