Indonésia

Pediu desculpa por faltar ao trabalho depois de o marido lhe cortar os pés

Pediu desculpa por faltar ao trabalho depois de o marido lhe cortar os pés

Uma mulher foi atacada, na passada semana, pelo marido, devido a ciúmes. O homem cortou os pés à companheira, com uma faca, deixando-a gravemente ferida. Ainda assim, a vítima desculpou-se ao chefe por ter que faltar ao trabalho.

O crime aconteceu em Bali, na Indonésia. Putu Careen foi atacada, em frente aos dois filhos menores, pelo marido, que estava alcoolizado. O homem arrancou os pés da sua companheira com uma faca. Putu foi para o hospital onde se encontra a recuperar dos graves ferimentos.

A mulher, que trabalha como empregada para o australiano Rohan Lee, enviou uma mensagem ao chefe, onde se justificou por não poder trabalhar. "Tenho um corte nos pés", escreveu numa mensagem enviada por telemóvel.

Assim que Rohan teve conhecimento do que verdadeiramente aconteceu à empregada, manteve-se em contacto com ela e criou uma página de angariação de fundos para ajudar a suportar os elevados custos do tratamento a que a mulher foi sujeita.

"Inicialmente, Putu escreveu-me a dizer que não vinha trabalhar porque se tinha cortado nos pés. Foi a única coisa que disse. Eu respondi e desejei-lhe as melhoras. Fiquei em choque quando uma amiga dela me ligou a contar o que aconteceu", explica o homem.

Apesar dos ferimentos, Rohan explicou que os cirurgiões estão confiantes de que a recuperação será positiva. "Graças à generosidade de várias pessoas, à qualidade dos cirurgiões e a uma operação bem sucedidas, estamos confiantes em salvar o pé direito", disse.

Aos media, Rohan contou que não tinha conhecimento de qualquer problema conjugal entre o casal. "Algumas mulheres sabiam que ele era abusivo, mas, para mim, tudo isto foi o choque. Só depois da agressão é que as pessoas vieram falar", lamentou.