Rússia

Pelo menos 143 mil pessoas deixaram a Ucrânia com destino à Rússia

Pelo menos 143 mil pessoas deixaram a Ucrânia com destino à Rússia

Pelo menos 143 mil pessoas deixaram a Ucrânia com destino à Rússia, na sequência dos recentes acontecimentos que abalaram à antiga república soviética.

De acordo com dados do serviço de fronteiras, 143 mil pessoas deixaram a Ucrânia com destino à Rússia desde o início dos acontecimentos" no país, declarou o senador Evgueni Buchmin, sublinhando que os dois países possuem uma fronteira de perto de dois mil quilómetros.

Uma responsável do serviço federal das migrações russo, Valentina Kazakova, avançou o mesmo número.

"Os acontecimentos trágicos na Ucrânia levaram a um aumento considerável do número de pedidos dirigidos aos serviços migratórios regionais", declarou Kazakova à agência noticiosa oficial russa Itar-Tass.

"Durante as duas últimas semanas de fevereiro, pelo menos 143 mil pessoas apresentaram um pedido. As pessoas estão confusas, assustadas e deprimidas", acrescentou.

O governador da região de Briansk (na fronteira ucraniana), Nikolai Denin, declarou à Itar-Tass ter constatado um "fluxo de cidadãos ucranianos que pretende ficar na Rússia até que a situação na Ucrânia se normalize".

O governador da região de Rostov, Vassili Golubev, indicou ter observado também "um fluxo de cidadãos ucranianos na Rússia".

ver mais vídeos