Crise

Pelos menos 12 das 24 regiões da Venezuela estão novamente às escuras

Pelos menos 12 das 24 regiões da Venezuela estão novamente às escuras

Pelo menos 12 dos 24 Estados da Venezuela estão novamente às escuras, devido a um apagão que ocorreu pouco depois das 11 horas locais (15 horas em Portugal continental) e que afetou também a cidade de Caracas.

Além da capital, a interrupção do abastecimento de eletricidade mantém às escuras os Estados de Miranda, Vargas, Carabobo, Falcón, Trujillo, Táchira, Lara, Zúlia, Mérida, Portuguesa e Sucre.

A falha afetou cinco estações do Metropolitano de Caracas, obrigando à interrupção temporária do serviço que, entretanto, está de novo a transportar passageiros entre as estações afetadas.

Cidadãos estão a queixar-se do apagão nas redes sociais.

Entretanto, através do Twitter, a empresa estatal Corporação Elétrica Nacional da Venezuela (Corpoelec) anunciou que "continua a trabalhar arduamente para restabelecer o serviço elétrico", fazendo referência a Santa Rosa, uma localidade de Caracas que está desde há mais de uma semana às escuras.

No dia 7 de março, uma falha na central hidroelétrica de El Guri deixou a Venezuela às escuras durante uma semana.

As autoridades venezuelanas atribuíram a falha a uma sabotagem. Apesar dos apagões persistirem em várias regiões, mesmo com menor intensidade, aquelas deram o serviço como "recuperado".