Salamanca

Polícia espanhola identifica dois portugueses por venderem cães na rua

Polícia espanhola identifica dois portugueses por venderem cães na rua

Agentes da Polícia Local de Salamanca intercetaram, na quarta-feira à noite, na sequência de uma denúncia, dois cidadãos portugueses que se encontravam a vender dois cães pequenos à porta da estação de comboios de Vialia, por 30 euros cada animal.

De acordo com a associação de proteção de animais "Siempre Fiel", que alertou as autoridades para o caso, os indivíduos estavam a tentar vender os cachorrinhos a todas as pessoas que passavam na rua, "incentivando a venda ilegal de animais, sem qualquer tipo de permissão", citou o jornal local "Salamanca24horas",

Fontes da Polícia consultadas pelo diário online indicaram que os homens foram intercetados e transportados à esquadra, a fim de serem identificados, uma vez que não estavam na posse de qualquer documento de identificação. Mais tarde, ambos seguiram de comboio com destino a Portugal.

Os dois cães, rafeiros, ficaram à responsabilidade da associação animal, que pede aos cidadãos de Salamanca que "tratem de evitar cair nestas vendas ilegais e que são testemunhos de uma situação parecida alertem imediatamente a Polícia Local".