Vídeo

Polícia fora de serviço salva menina de asfixia em restaurante

Polícia fora de serviço salva menina de asfixia em restaurante

Um polícia que estava a jantar com a família impediu que uma menina de três anos asfixiasse entalada com comida, num restaurante de "fast food", em San Fernando, na comunidade autónoma de Andaluzia, Espanha.

Foi a 19 de julho, pouco antes da meia-noite (hora local). Santi, um agente da Polícia Nacional, estava num restaurante Burger King com a família quando ouviu os gritos da mãe da menina.

A mulher e uma amiga ainda tentaram abanar a criança, mas a menina não reagia. Foi então que Santi decidiu intervir, escreve o jornal local "La Voz de Cádiz".

Ao aperceber-se de que a menina de três anos tinha comida entalada na garganta, o agente realizou a manobra de Heimlich, um método que induz tosse e auxilia a desobstrução das vias respiratórias. Após algumas tentativas, a criança acabou por expelir o pedaço de comida e começou a chorar, sendo de imediato devolvida à mãe.

A operação de salvamento foi captada pelas câmaras de videovigilância.

Conteúdo Patrocinado