EUA

Polícia mata homem desarmado e com as calças em baixo

Polícia mata homem desarmado e com as calças em baixo

Um polícia de Houston, nos EUA, foi filmado a matar com um tiro no peito um homem que estava a andar no meio da estrada com as calças em baixo. A família afirma que se tratou de homicídio premeditado, mas a polícia diz que o agente da polícia se sentiu ameaçado.

O incidente da última quinta-feira ficou registado num vídeo da polícia, que mostra Danny Ray Thomas, de 34 anos, a andar, aparentemente desorientado, no meio da rua. O homem dirige-se ao polícia, que o manda deitar-se no chão, mas o suspeito não obedece. A resposta do agente, 17 segundos depois de ter dado a ordem, foi um tiro direto ao peito (num momento que não é visível nas imagens).

Danny Thomas foi levado ainda com vida para o hospital, onde acabou por morrer. O caso está gerar grande indignação nos EUA, já que o homem morto pela polícia não estava armado e não terá feito qualquer ameaça ao agente, que também tinha uma arma taser consigo, apesar de ter optado por disparar a pistola de serviço.

Segundo a família, Danny "estava claramente a andar, não a correr, em direção ao agente, não querendo magoá-lo". O caso está a ser investigado pela polícia de Harris County, mas também pelo Departamento da Polícia de Houston, que lidera a investigação e fez saber, na última semana, que o agente, "temendo pela sua segurança, usou a arma, acertado no peito de Thomas uma vez".

O xerife de Harris County afirmou que o agente Brewer entrou na polícia em 2016 e que recebeu treino de uso de força não letal, principalmente em casos relacionados com saúde mental. Sabe-se também que Danny Thomas sofreria de depressão, depois de a companheira alegadamente ter afogado os dois filhos em 2016.

Uma testemunha também filmou o momento:

Imobusiness