República Centro Africana

Portugal avalia envio de avião C-130 e militares para República Centro-Africana

Portugal avalia envio de avião C-130 e militares para República Centro-Africana

O governo está a avaliar o envio de um C-130 e de cerca de 30 militares da Força Aérea Portuguesa para a missão da União Europeia na República Centro-Africana.

O envio do Hércules C-130 e de cerca de 30 militares da Força Aérea, entre tripulação e equipa de manutenção, "está em avaliação", disse à Lusa fonte do ministério da Defesa Nacional.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia decidiram esta semana enviar uma missão militar EUFOR - a força de reação rápida constituída no âmbito da Política de Segurança e Defesa Comum - para a República Centro Africana, mas a sua dimensão e composição ainda não está definida.

O envio de meios portugueses, que terá de ser aprovado em Conselho Superior de Defesa Nacional, dependerá também das necessidades que forem definidas no âmbito da missão militar europeia.

O país mergulhou no caos desde que em março de 2013 a coligação Séléka, de maioria muçulmana, derrubou o governo do país maioritariamente cristão, desencadeando uma espiral de violência sectária, que já causou milhares de mortos e centenas de milhares de deslocados.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou no fim de janeiro uma resolução que autoriza a intervenção de forças militares europeias na República Centro-Africana.