Mundo

Presidente de Itália iniciou reuniões com partidos para formar novo governo

Presidente de Itália iniciou reuniões com partidos para formar novo governo

O presidente italiano iniciou, este domingo, as reuniões para aferir do apoio a Mario Monti para formar um novo governo enquanto novo primeiro-ministro, noticia a agência Associated Press.

Considerado "um dos últimos Moicanos da política europeia", Silvio Berlusconi demitiu-se, no sábado, da chefia do governo da Itália na sequência da crise das dívidas soberanas que afecta a zona euro.

À semelhança do socialista grego George Papandreou, também o conservador Silvio Berlusconi não resistiu à pressão da crise e escalada de juros da dívida italiana nos mercados e acabou afastado do poder.

Num comentário aos acontecimentos na Grécia e Itália, o jornal "Financial Times" (FT) escreveu que "os dirigentes da zona euro decidiram suspender a política normal em dois países porque a consideram uma ameaça mortal à união monetária da Europa".

"Decidiram que a unidade da Europa, um projecto em curso há mais de 50 anos, é de tal forma importante que políticos com um mandato do povo têm de dar lugar a especialistas não eleitos que possam manter o 'espectáculo'", acrescentou o FT.