Conflito

Quatro mortos e 20 feridos em ataques aéreos na Líbia

Quatro mortos e 20 feridos em ataques aéreos na Líbia

Ataques aéreos noturnos mataram quatro pessoas e feriram 20 na capital da Líbia, Tripoli, disse, no domingo, o Governo de Acordo Nacional (GNA), atribuindo-os às forças do marechal Haftar que tem em curso uma ofensiva militar na capital líbia.

Os combates acontecem há já três semanas no sul de Trípoli entre as forças leais ao Governo de Acordo Nacional, reconhecido pela comunidade internacional, e as forças do marechal Khalifa Hafter, homem forte do Leste do país que lançou em 04 de abril uma ofensiva para conquistar a cidade.

O porta-voz do Ministério da Saúde da Governo de Unidade Nacional, Amin al-Hashemi, disse hoje à agência France Presse que os ataques aéreos fizeram "quatro mortos e 20 feridos", que foram levados para o hospital público de Abu Magro, um bairro do sul da capital.

Contudo, admitiu que o número de vítimas pode subir.

Segundo uma fonte militar favorável ao Governo, as vítimas são civis. A mesma fonte indicou que o ataque apenas atingiu alvos civis, não militares.

O Governo acusou o marechal Khalifa Haftar de ter usado aviões estrangeiros, sem especificar a sua nacionalidade, para realizar esses ataques.

Khalifa Haftar lançou uma ofensiva em 04 de abril contra Trípoli, sede da Governo de Unidade Nacional liderado por Fayez al-Sarraj.