Espanha

Queda de plataforma em festival de Vigo causa 330 feridos

Queda de plataforma em festival de Vigo causa 330 feridos

Há cinco pessoas em estado grave entre os 330 feridos que resultaram da queda de uma plataforma de madeira, no domingo à noite, durante um festival de música em Vigo, Espanha.

Segundo o jornal "Faro de Vigo", a plataforma cedeu no início do concerto de Rels B, no festival O Marisquiño, ao qual assistiam milhares de pessoas. Muitas caíram ao mar, gerando-se momentos de pânico perante as dificuldades que tiveram em sair da água.

Dois dos cinco feridos graves têm menos de 15 anos, confirmou o conselheiro da Saúde, Jesús Vázquez Almuína, ressalvando que nenhum corre perigo de vida.

"Estávamos todos na plataforma e, de repente, caiu tudo, caí em cima de gente e caiu gente em cima de mim", descreveu uma jovem de 16 anos àquele jornal espanhol.

O preside da cãmara da cidade, Abel Caballero, já garantiu que vão ser investigadas as causas do acidente, que se registou pouco depois da meia-noite (23 horas em Portugal continental). Entretanto, o responsável pela Autoridade Portuária de Vigo adiantou que uma "falha estrutural" da plataforma construída há cerca de 20 anos poderá estar na origem da tragédia.

Várias equipas médicas de emergência, ambulâncias e equipas da Polícia Nacional e local, bombeiros, bem como diferentes membros das forças de segurança foram mobilizados para o local.

Os feridos foram transportados para vários hospitais e centros de emergências.

Não há portugueses entre os feridos

O Governo português referiu que não há portugueses entre as vítimas da queda de uma plataforma de madeira num festival em Vigo, Espanha, que fez mais de 300 feridos.

Segundo fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, "os dados fornecidos pelas autoridades espanholas indicam que não há portugueses entre os feridos hospitalizados".

ver mais vídeos