Escócia

Rapaz de 16 anos condenado a um mínimo de 27 anos de prisão

Rapaz de 16 anos condenado a um mínimo de 27 anos de prisão

Aaron Campbell tem 16 anos. Confessou ter raptado, violado e matado uma menina de seis anos. A Justiça escocesa condenou-o a um mínimo de 27 anos de prisão.

Ao longo de todo o julgamento, o menor negou os crimes, mas admitiu a culpa a um psicólogo forense, encarregado de fazer um relatório para o tribunal.

Alesha MacPhail morreu no passado mês de julho na ilha de Bute, na Escócia. O juiz Lord Mathews disse ao réu: "És uma pessoa fria, insensível, calculista, sem remorsos e perigosa". "Cometeste um crime sangrento e horrível".

Segundo a BBC, ao psicólogo Gary Macpherson Aaron disse: "Em qualquer outro momento da minha vida isto não teria acabado com um homicídio. Se eu fosse um ano mais novo, acho que não o teria feito. Tudo o que pensei foi matá-la assim que vi".

Nos dias seguintes aos crimes, disse o juiz, o homicida sentia-se relativamente descontraído sobre o que tinha sucedido e "ligeiramente animado" com a ideia de que a polícia não o tinha apanhado.

Alesha foi dada como desaparecida da casa dos avós na manhã do dia 2 de julho de 2018. Dezenas de civis participaram nas buscas de imediato. Cerca de duas horas depois o corpo da menina foi encontrado num bosque.

A autópsia revelou que Alesha sofreu 117 ferimentos e morreu devido a uma enorme pressão exercida sobre a cara e o pescoço.

Imobusiness