Arqueologia

Rapaz descobre na Alemanha tesouro de um rei da Dinamarca

Rapaz descobre na Alemanha tesouro de um rei da Dinamarca

Um rapaz de 13 anos e um arqueólogo amador descobriram um tesouro, na Alemanha, que poderá pertencer ao rei Harald Gormsson Blåtand (ou "Bluetooth"), que levou o Cristianismo até à Dinamarca.

Em janeiro, René Schön e o seu aluno Luca Malaschnitschenko estavam na ilha Rügen, a maior das ilhas alemãs, localizada no mar Báltico, em busca de tesouros com um detetor de metais até que encontraram aquilo que pensavam ser uma peça de alumínio sem qualquer valor. Contudo, após investigarem melhor, concluíram que se tratava de uma peça de prata, segundo o jornal "The Telegraph".

Durante o passado fim de semana, o serviço regional de arqueologia decidiu realizar uma escavação no local da descoberta e encontraram colares, pérolas, um martelo de Thor, anéis e cerca de 600 moedas lascadas, 100 delas que datavam da época do reinado viking de Harold Blåtand (958-986). A moeda mais antiga encontrada nesta descoberta foi um dirham de Damasco, que remonta a 714; já o achado mais recente diz respeito a um cêntimo do ano 983.

As peças encontradas terão sido enterradas por volta de 980, altura em que o rei da Dinamarca e Noruega ter-se-á refugiado na Pomerânia (situada entre a Alemanha e a Polónia), onde acabou por morrer em 987. O rei terá sido forçado a deslocar-se para a região devido a uma rebelião liderada pelo filho, Sven Gabelbart.

Harald é conhecido por ter unificado a Dinamarca (maioritariamente pagã).

Origem do termo "Bluetooth"

Existem várias explicações para a origem do termo "Bluetooth", aplicado ao nome do rei da Dinamarca e que terá inspirado a designação da tecnologia presente, hoje em dia, em computadores e dispositivos móveis.

Uma das lendas revela que o rei Harald teria os dentes azuis ("blue tooth" - dentes azuis), ou por comer demasiados mirtilos, ou então, por ter um dente estragado que aparentava estar dessa cor.

Certo é que a tradução do último nome do rei, Blåtand, significa "Bluetooth" e que o nome da tecnologia foi mesmo inspirado em Harald, uma vez que o logótipo é composto pelas iniciais H e B escritas em letra rúnica, própria das línguas germânicas da Europa do Norte. Além disso, pretendeu-se aludir ao facto de o rei ter unificado a Dinamarca, daí o nome da tecnologia que permite também juntar dois dispositivos sem ser necessário qualquer fio.

ver mais vídeos