França

Refugiado gravemente ferido num incêndio em Calais

Refugiado gravemente ferido num incêndio em Calais

Um refugiado etíope ficou gravemente ferido, esta sexta-feira de madrugada, na sequência de um incêndio que deflagrou no campo de Calais.

A vítima, com queimaduras em 70% do corpo, foi transportada de helicóptero para o hospital de Lille e encontra-se entre a vida e a morte, segundo as autoridades de Pas-de-Calais.

O fogo, cujas causas estão por apurar, terá surpreendido a vítima enquanto dormia.

Aproximadamente 3500 migrantes - segundo os mais recentes dados oficiais - e 5 mil de acordo com as associações - vivem atualmente na "selva" de Calais, no norte de França, na esperança de tentar seguir para o Reino Unido, por "ferry" ou por comboio através do túnel sob o canal da Mancha.