Brasil

Relator do Lava-Jato morre em acidente aéreo

Relator do Lava-Jato morre em acidente aéreo

O juiz do Supremo Tribunal Federal brasileiro Teori Zavascki morreu, esta quinta-feira, num acidente aéreo que vitimou, pelo menos, três pessoas, perto do Rio de Janeiro.

Francisco Prehn Zavascki, o filho da vítima, escreveu no Facebook que recebeu a confirmação da morte do pai, pouco tempo depois de ter dado conta de que Teori Zavascki estava a bordo do avião acidentado.

Segundo a imprensa brasileira, o presidente Michel Temer foi já informado da situação.

O Corpo de bombeiros de Paraty informou que avistou três passageiros mortos, que estariam presos dentro do avião submerso, um Beechcraft King Air C90 privado, com capacidade para oito passageiros.

A aeronave, com o prefixo PR-SOM, tinha saído do Campo de Marte, em São Paulo, às 13.01 horas (15.01 horas em Portugal continental) com destino a Paraty.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), a aeronave estava com a documentação em dia.

Teori Zavascki era o relator do processo Lava Jato no Supremo Tribunal, tendo sido indicado por Dilma Rousseff para o cargo em 2012. O processo investiga os crimes de corrupção na empresa estatal Petrobras.

ver mais vídeos