Diplomacia

Rússia e Reino Unido pegados por causa de novo porta-aviões inglês

Rússia e Reino Unido pegados por causa de novo porta-aviões inglês

A Rússia e o Reino Unido, por via dos seus ministros da Defesa, trocaram palavras públicas de ironia por causa de novo porta-aviões inglês.

No início da semana, o secretário da Defesa britânico disse que a Rússia "iria ficar com inveja" do HMS Queen Elizabeth, o novo porta-aviões da Marinha do Reino Unido, levado pela primeira vez para o mar esta semana. Segundo Sir Michael Fallon, o porta-aviões russo está velho e delapidado

Esta quinta-feira, veio a resposta russa, que mostra bem o incómodo causado pelas palavras inglesas. "Essas declarações mostram total ignorância sobre ciência naval", disse o ministro da defesa russo, acrescentando, em comunicado citado pela Reuters, que o porta-aviões britânico não passa de um alvo grande e conveniente."

"É do interesse da Marinha britânica que não exiba a 'beleza"' do seu porta-aviões, em alto mar, a menos de umas centenas de milhas do seu 'primo distante' russo", avisam os russos.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado