Apollo 11

Segundo homem a pisar a Lua reembolsado em 30 euros pela viagem

Segundo homem a pisar a Lua reembolsado em 30 euros pela viagem

O astronauta Buzz Aldrin, que seguia na missão Apollo 11, e que foi o segundo homem a pisar a Lua, revelou, em 2015, as despesas da viagem. Recorde-as por ocasião do 50.º aniversário do marco histórico.

Faz na quinta-feira 50 anos que começou a primeira viagem à Lua, a bordo da nave Apollo 11, que viria a dar a Neil Armstrong o título de primeiro homem a chegar a solo lunar. O astronauta Buzz Aldrin, que seguia na histórica missão ao lado de Armstrong e de Michael Collins, e que foi o segundo homem a pisar a Lua, revelou, há quatro anos, alguns detalhes sobre a missão, nomeadamente faturas de despesas que recebeu da NASA.

O engenheiro mecânico, piloto e astronauta - e também autor da primeira "selfie" no espaço - divulgou os custos que teve de pagar em transportes para ir em missão, e que depois lhe foram devolvidos pelo governo norte-americano.

Tal como um trabalhador que acaba de regressar de uma viagem de trabalho, Aldrin partilhou nas redes sociais os registos e faturas da viagem, que teve início na Florida a 16 de julho de 1969 e que terminou no dia 24 do mesmo mês, ao fim de oito dias no espaço. Pela ida à Lua, o astronauta foi reembolsado em 33,31 dólares (cerca de 29 euros), correspondentes a ajudas de custo de transporte - que incluíam, por exemplo, a viagem de carro de e para a força aérea de Ellington, em Houston.

As fotografias memoráveis tiradas durante a missão mostram também que as refeições dos astronautas estavam garantidas para todos os dias.

O norte-americano mostrou também um documento que os três astronautas tiveram de assinar na chegada aos EUA, declarando na alfândega todos os elementos que trouxeram, como pedras e amostras de poeira.

O 50º aniversário da chegada da Apollo 11 à Lua acontece no próximo sábado, dia 20 de julho.