Terramoto

Sismo de 6,3 na fronteira entre Panamá e Costa Rica 

Sismo de 6,3 na fronteira entre Panamá e Costa Rica 

Um sismo de magnitude 6,3 foi registado na fronteira entre o Panamá e a Costa Rica por volta da meia-noite local desta quarta-feira. As autoridades admitem a existência de feridos e "danos significativos".

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o terremoto de magnitude 6,3 atingiu uma profundidade de 10 quilómetros, a uma distância de cerca de dois da cidade de Progreso, no Panamá.

A Rede Nacional de Sismologia (RSN) da Universidade da Costa Rica anunciou, por seu lado, uma intensidade de 6,7, sem relatar vítimas ou danos materiais. De acordo com a RSN, o epicentro do terremoto foi localizado a 11 km a leste de Puerto Armuelles, localidade panamenha na fronteira com a Costa Rica, a uma profundidade de 31 km.

Em San José, a capital, o terremoto foi fortemente sentido e causou a queda de objetos em apartamentos e empresas.

Segundo a Rede Nacional de Sismologia da Universidade da Costa Rica, ocorreram vários tremores secundários, alguns com magnitude de 4,2 e 4,3. O sistema de alerta de tsunamis da Costa Rica descartou o risco de tal fenómeno.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).