I Guerra Mundial

Submarino com 23 corpos encontrado na costa belga

Submarino com 23 corpos encontrado na costa belga

Um submarino alemão da I Guerra Mundial com 23 corpos no interior foi encontrado ao largo da costa da Bélgica.

O governador da Flandres Ocidental, Carl Decaluwe, disse, esta terça-feira, que o achado, no fundo do Mar do Norte, "é muito particular e surpreendente", citou a Associated Press.

Segundo o responsável, o submarino está danificado na parte da frente, devido ao impacto, mas "continua fechado e com 23 pessoas no interior".

O submarino, do tipo UB II, tem 27 metros de comprimento e seis metros de largura, está deitado num ângulo de 45 graus a uma profundidade de 25 a 30 metros da superfície do mar.

Os danos na frente da embarcação indicam que poderá ter embatido numa mina com o seu convés superior. Dois lança-torpedos foram destruídos, mas um ficou intacto e fechado.

Imagens de vídeo mostram que o submarino está incrustado com cracas e algas, além de estar adornado com equipamento de pesca, incluindo redes.

Decaluwe disse que o submarino foi descoberto por investigadores, mas escusou-se a adiantar pormenores sobre a sua localização até que o local tenha sido protegido.

Cerca de 18 submarinos estiveram estacionados com a Flotilha da Flandres em Bruges entre 1915 e 1918, mas foram destruídos.

Esta é a 13.ª descoberta do género nas águas belgas.