Terrorismo

Suspeito de Berlim abatido a tiro em Itália

Suspeito de Berlim abatido a tiro em Itália

Anis Amri, suspeito do atentado de Berlim, foi abatido a tiro em Milão, Itália, esta sexta-feira de madrugada.

O homem foi morto num tiroteio nos subúrbios de Milão, disse fonte das forças de segurança à agência Reuters. O ministro da Administração Interna italiano já confirmou que o homem abatido é o suspeito do ataque de Berlim.

"Sem dúvidas, é Anis Amri", afirmou o ministro numa conferência de imprensa esta sexta-feira de manhã, garantindo que o tunisino foi abatido à chegada ao país.

O homem foi morto cerca das 3 horas da madrugada, na zona de San Giovanni, em Milão, depois de ter sido parado pela polícia num controlo de rotina. Recusou mostrar os documentos e sacou de uma arma, tendo sido abatido pelas autoridades.

Um agente foi atingido a tiro, mas está a recuperar bem no hospital, garantiu ainda o ministro Marco Minniti. Segundo os investigadores, Anis Amri terá chegado a Milão de comboio, vindo de França, momentos antes de ser abatido.

Amri já tinha vivido em Itália, antes de emigrar para a Alemanha.

Na quarta-feira, o suspeito foi apresentado por Berlim como próximo do movimento islamita-salafista. Segundo o diário alemão"Bild", o suspeito tentou recrutar cúmplices para realizar um ataque há vários meses.

Segundo a imprensa, a polícia identificou-o através de um documento de identidade encontrado na cabina do camião envolvido no ataque que matou pelo menos 12 pessoas e feriu 48.

ver mais vídeos