OMS

Tabaco mata sete milhões por ano e destrói o ambiente

Tabaco mata sete milhões por ano e destrói o ambiente

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta terça-feira que fumar mata sete milhões de pessoas por ano e tem um impacto devastador no meio ambiente, contribuindo para a desmatação, além de danificar e acidificar solos e águas.

Num novo relatório divulgado esta terça-feira, especialistas alertam que a pegada ambiental deixada pela produção de tabaco é comparável à de países inteiros.

Diz o documento que produzir seis triliões de cigarros por ano é mais prejudicial para o planeta do que a produção em massa de alimentos.

Nicholas Hopkinson, um dos autores do relatório, diz que os cigarros devem ser considerados um "produto antiético", dado o seu impacto sobre o meio ambiente.

Os especialistas calculam que uma pessoa que fume um maço de cigarros por dia (20 cigarros) durante 50 anos é responsável pelo gasto de 1,4 mil milhões de litros de água.

Imobusiness