Crime

Tentativa de assalto provoca pelo menos 10 mortos no Brasil

Tentativa de assalto provoca pelo menos 10 mortos no Brasil

Uma tentativa de assalto provocou hoje pelo menos dez mortos na cidade brasileira de Guararema, localizada a 80 quilómetros de São Paulo, divulgou a polícia.

O crime aconteceu na madrugada de hoje e segundo a Polícia Militar houve troca de tiros e dez assaltantes acabaram por morrer depois de terem sido baleados. Nenhum policial ficou ferido.

Um total de 30 assaltantes fortemente armados com metralhadoras e pistolas participaram na tentativa de assalto às agências do Banco do Brasil e Santander Brasil, que estão localizadas a poucos metros uma da outra na mesma rua.

Os assaltantes explodiram os caixas eletrónicas de uma das agências, mas a chegada da polícia frustrou o roubo.

"A primeira coisa que aconteceu foi a troca de tiros com a polícia na região. A polícia pediu reforço e o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar de São Paulo (Rota) bloqueou os caminhos que eles [assaltantes] iam usar para fugir", disse o comandante daquela força, Mário Alves da Silva, em declarações à TV Globo.

Na tentativa de fuga, foram usados cinco carros blindados. Alguns suspeitos também entraram numa casa e fizeram uma família refém. Estas vítimas foram posteriormente libertadas, segundo a Polícia Militar brasileira.

As autoridades também referiram que os suspeitos já estavam a ser controlados pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado (GAECO), ligado ao Ministério Público, que tinha pistas sobre o plano de um ataque na região.

"Não sabíamos o lugar exato onde o ataque aconteceria, por isso, reforçámos a segurança nestas duas cidades", acrescentou o comandante da Rota.

Roubo em caixas multibanco com o uso de explosivos é uma prática comum realizada por grupos criminosos organizados no Brasil.

Na semana passada, um grupo de homens fortemente armados invadiu um hotel em Brasília ao lado da residência oficial da Presidência do Brasil e fugiu com uma quantia de dinheiro não especificada após destruir três caixas multibanco com explosivos.