França

Três bombeiros suspeitos de violarem mulher num quartel em Paris

Três bombeiros suspeitos de violarem mulher num quartel em Paris

Pelo menos três bombeiros de Plaisance, no 14.º bairro de Paris, sul da capital, foram detidos no domingo à tarde por suspeitas de violação em grupo de pelo menos uma mulher.

Uma investigação aberta pelo Ministério Público de Paris levou à detenção e acusação dos três suspeitos que, de acordo com as informações recolhidas pelo jornal "Le Figaro", terão permitido que três mulheres de nacionalidade norueguesa entrassem no quartel de bombeiros de Plaisence, cerca das quatro horas locais de sábado, no fim de uma noite de copos.

Pelo menos uma das vítimas apresentou queixa de violação na Polícia.

Ainda segundo o jornal, os bombeiros não estavam de serviço no momento em que se registou o incidente.

Questionado pelo "Le Parisien", o tenente-coronel Gabriel More, porta-voz dos Bombeiros de Paris, disse que os indivíduos devem ser suspensos, "para facilitar a investigação interna, já aberta". Dependendo do resultado do inquérito, poderão ser aplicadas sanções disciplinares.

"Estas ações não podem ser toleradas. São contrárias aos valores defendidos pelos Bombeiros de Paris [Sapeurs-Pompiers, como é conhecida a brigada], que devem ser exemplares, como obviamente e felizmente é o caso na sua maioria. Se as suspeitas de violação forem comprovadas, mostraremos a maior firmeza", garantiu o responsável.

Imobusiness