EUA

Trump ameaça taxar importações de automóveis caso UE não negoceie de "boa-fé"

Trump ameaça taxar importações de automóveis caso UE não negoceie de "boa-fé"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou esta quinta-feira aplicar tarifas às importações de automóveis oriundas da União Europeia (UE), caso os representantes comunitários não negoceiem de "boa-fé" na visita a Washington.

"No dia 21 [de julho], vou receber a visita do presidente da Comissão Europeia para abordarmos a questão das taxas alfandegárias. Se as negociações não decorrerem de boa-fé, vamos ter de rever a situação dos milhões de carros que entram nos Estados Unidos quase sem pagar impostos", disse Donald Trump.

O Presidente norte-americano, que falava no final da cimeira da NATO, que decorreu entre quarta-feira e hoje em Bruxelas, queixou-se repetidamente do tratamento injusto da UE aos Estados Unidos no âmbito do comércio.

O presidente do executivo comunitário, Jean-Claude Juncker, vai deslocar-se a Washington a 21 de julho para se encontrar com Trump, com o comércio como tema principal.

As relações entre a UE e os Estados Unidos estão tensas, não só devido às taxas alfandegárias impostas por Washington às importações de aço e alumínio - e já retaliadas pelo bloco europeu -, mas também pela retirada do Acordo de Paris sobre o clima e do celebrado com o Irão sobre armas nucleares.

A 2 de julho, a Comissão Europeia considerou que a investigação do Departamento de Comércio dos Estados Unidos às importações de automóveis carece de legitimidade e de dados factuais, e viola o direito internacional.

"Qualquer medida restritiva comercial que possa resultar desta investigação, seria contrária às leis do comércio internacional. Os carros europeus não ameaçam ou afetam a saúde da indústria automóvel e da economia norte-americanas", alertou nesse dia o porta-voz do executivo comunitário.

ver mais vídeos