Mundo

Uma casa com 72 centímetros de largura

Uma casa com 72 centímetros de largura

O arquitecto polaco Jakub Szczesny aproveitou um pequeno espaço entre dois prédios, em Varsóvia, e projectou aquela que, muito provavelmente, será uma das casas mais estreitas do planeta. No seu ponto mais estreito, tem 72 centímetros de largura.

É uma casa mais fina do que uma porta de dimensão média. Em rigor, não pode ser considerada uma casa, antes uma instalação de arte, uma vez que não cumpre todas a regras exigidas pela lei da habitação na Polónia.

Mesmo assim, foi projectada para ser habitada pelo escritor israelita Etgar Keret e, segundo Jakub Szczesny explicou ao JN, foi também pensada para acolher criadores vindos de todo o Mundo, funcionando como um espaço de partilha de conhecimento e arte.

Na prática, quem habitar a Keret House, como foi baptizada, terá 14,5 metros quadrados de área total, onde cabem zonas para dormir, trabalhar, cozinhar, comer e de casa-de-banho. Tudo, em miniatura. A largura varia entre os 122 e os 72 centímetros.

Uma das particularidades deste projecto é o facto de poder ser transformado. As escadas que dão acesso ao primeiro piso podem ser recolhidas e assim aumentar a área de uso da casa.

Para resolver o problema do fornecimento de água, Szczesny, que integra a plataforma de designers Centrala, inspirou-se nos sistemas utilizados nos barcos. A electricidade será garantida por um prédio vizinho.

Além de todo o conceito de aproveitamento de espaço, a fachada do edifício tem suscitado vivas reacções desde que o projecto foi anunciado, no Wola Art Festival. Até já foi comparada a um teste de gravidez.

O início da construção da Keret House está agendado para Setembro. Deverá estar pronta em Dezembro. Naquele pequeno espaço entre o número 22 da rua Chlodna e o 74 da Zelazna.