São Petersburgo

Colapso do telhado em universidade russa não causou vítimas

Colapso do telhado em universidade russa não causou vítimas

O desabamento do telhado de um edifício universitário na cidade russa de São Petersburgo não causou vítimas, segundo os Serviços de Emergência russos.

"Não há mortes, 81 pessoas foram retiradas, estudantes do primeiro e do segundo ano", disse um porta-voz do Ministério para as Situações de Emergência à agência de notícias Interfax.

A mesma fonte acrescentou que a evacuação do edifício continua, já que o número de pessoas que estavam no prédio no momento do colapso é desconhecido.

Inicialmente, foi avançado que um número indeterminado de pessoas poderia ter ficado sob os escombros de uma das alas da Universidade Nacional de Pesquisa, Mecânica e Óptica da Tecnologia da Informação (ITMO) de São Petersburgo.

A informação inicial era contraditória, uma vez que algumas fontes alegaram que havia apenas trabalhadores no prédio que realizavam obras de reparação, enquanto outros informaram que havia trabalhadores, estudantes e professores no prédio.

O colapso ocorreu no telhado que separa o quinto andar do quarto andar e causou o colapso de quatro andares de um dos prédios da universidade.

O edifício danificado do ITMO está localizado numa área universitária na Rua Lomonosov, no distrito de Petrogrado de São Petersburgo.

O Ministério das Situações de Emergência informou que a causa do acidente poderá ter sido uma violação das regras durante os trabalhos de reparação.